fbpx

Esclarecimentos sobre as restrições de viagem do Brasil aos Estados Unidos

Atualizado com as medidas do Presidente Biden

Na noite de segunda-feira dia 18 de janeiro o então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump anunciou a suspensão das restrições de viagem ao Brasil, à Irlanda, ao Reino Unido e aos países da Europa integrantes do Espaço Schengen — grupo de nações européias com livre circulação de pessoas. A flexibilização começaria a valer em 26 de janeiro de 2021, seis dias depois da posse de Biden.

Acontece que logo em seguida o atual presidente Joe Biden informou através de sua porta voz que discordava de tais medidas.

Então começou uma pequena confusão nas redes sociais, com muitas dúvidas do que realmente aconteceu e acontecerá a partir de 26 de janeiro, e para orientar melhores nossos seguidores e leitores, trazemos aqui um vídeo com a Dra. Flávia Santos Lloyd, especialista na área de imigração, atua na área jurídica a há quase vinte anos nos Estados Unidos.

Assista abaixo:

O vídeo também está no nosso IGTV, vale muito a pena.

Atualização 29 de janeiro:

Na noite no dia 25 de janeiro, as restrições antes canceladas, retornaram, então perguntamos novamente a Dra. Flávia dúvidas que continuaram surgindo, acompanhe:

 – Após entrar nos Estados Unidos, precisa de quarentena?

Nesse momento, não.

– Há alguma data para ver se tem possibilidade de abertura ou é por tempo indeterminado?

Infelizmente, eu não vejo possibilidade de abertura a curto prazo. O problema tem várias frentes: novas variantes e mutações do vírus, o número de mortos, falta de leitos, enfim, está um cenário muito sério dentro e fora dos EUA. Eu não vejo os EUA flexibilirazem as coisas para os brasileiros, europeus, sul-africanos, chineses e iranianos em um futuro próximo.

– Alguma data para terminar a restrição?

Não há uma data específica. O governo monitora a situação e faz uma análise de risco de 15 em 15 dias. Então, não são decisões tomadas sem análise de dados, estudo, e / ou consideração ao impacto na economia que essas restrições têm.

É possível fazer quarentena em outros países e depois entrar nos Estados Unidos, por exemplo México? 

Sim, é possível! Temos muitos clientes entrando depois de fazer a quarentena no México, Turquia, Chile, entre outros países.

Dra. Flávia Santos Lloyd

A Dra. Flávia possui três escritórios na Califórnia (Irvine, Beverly Hills e San Diego) e mesmo com a pandemia e muitos eventos cancelados manteve os serviços em home office.

Ela fez doutorado na universidade Abraham Lincoln, em Los Angeles e antes de se formar trabalhou por mais de dez anos no campo da lei de imigração em um renomado escritório de advocacia de Orange County.

Atualmente além de seus escritórios é professora doutora de Direito em várias faculdades e cursos preparatórios para o exame da Ordem dos Advogados da Califórnia, a “OAB” dos Estados Unidos.

É uma das advogadas mais procuradas por artistas brasileiros quando o assunto é imigração, seja pra trabalhar ou fixar residência no país americano.

O intuito do MaisOrlando é sempre levar a informação correta, sem alardes desnecessários e informações precipitadas.

Sempre que precisar, consulte especialistas em leis americanas, que é a melhor forma de se ter uma base concreta do que está realmente acontecendo.

Vale lembrar também que os Estados Unidos passarão a exigir teste negativo de Covid para passageiros de outros países.

Não deixe de seguir a Dra. Flávia no Instagram.


Post anterior
streetwear Disney Baby Yoda

Conheça a coleção de streetwear da Disney inspirada no Baby Yoda

Próximo post
Disney+ fevereiro

Disney+: Os lançamentos de Fevereiro 2021

Veja também
X